AS NOTÍCIAS

quarta-feira, 24 julho 2019 13:23

Entrega de brinquedos no Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, Penafiel

No dia 19 de junho, à tarde, um grupo de crianças da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico da Escola Básica de Cinfães, em representação de todos os alunos daquela escola, deslocou-se de autocarro ao Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, Penafiel, para fazer uma entrega muito especial no serviço de Pediatria: livros, jogos, carrinhos, bonecas e outros brinquedos.

Durante o mês de dezembro, no âmbito do projeto de Educação Financeira do Agrupamento, foi explorado pelos alunos e respetivos professores o tema “Natal também é partilhar”, como forma de sensibilizar as crianças para as necessidades dos outros, tornando-as também mais gratas pelo que têm, numa época do ano em que todos estão tão preocupados com o que vão pedir de presente. A partilha de livros, jogos e outros brinquedos foi uma proposta que todos os alunos acolheram com entusiasmo e na qual todas as famílias participaram ativamente.

Por motivos relacionados com a época do ano e consequente indisponibilidade do serviço de pediatria do CHTS para receber visitas, dado a elevada afluência de doentes, bem como pelas atividades da escola, só no mês de junho é que foi possível proceder à entrega dos brinquedos recolhidos.

Assim, no dia combinado, mal chegaram a Penafiel, os alunos foram recebidos por uma assessora de imprensa do hospital que os conduziu ao serviço de Pediatria, onde ficaram a conhecer a senhora enfermeira chefe e outros elementos do serviço, a quem entregaram as caixas contendo as suas ofertas, recebendo em troca um belo manjerico de cartão preparado pelas animadoras.

Antes de deixarem o hospital, as crianças puderam ainda visitar uma parte do serviço de Pediatria, ficando a conhecer melhor alguns espaços, equipamentos e procedimentos que são utilizados com as crianças.

No final da tarde, o grupo regressou a Cinfães, cansado, mas muito satisfeito pela ação realizada, ansiosos por partilhar com os colegas o a experiência que tinham vivenciado.


Prof. Irene Ramos

Ler 55 vezes Modificado em quarta-feira, 24 julho 2019 13:26